domingo, 7 de julho de 2013

Pacotes de tarifas dos bancos podem render até R$ 30 de bônus

O que você achou? 
O preço pago por saques, depósitos, transferências e outras operações bancárias pode ser revertido em até R$ 30 de bônus para o celular, de acordo com levantamento realizado com os principais bancos varejistas do País. 

As cestas de serviços que permitem essa bonificação variam de R$ 15 a R$ 28 e são oferecidas aos clientes com conta-corrente do Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander. Porém, a adesão à promoção e o cliente deve solicitá-la em seu banco.

As operações inclusas nos pacotes também variam: um deles permite seis saques por mês, enquanto outro permite sacar 14 vezes mensalmente. A tabela abaixo compara os serviços disponíveis e os bônus concedidos. 

Os bônus valem apenas para clientes das operadoras Vivo, Claro e Oi, tanto dos planos pré quanto dos pós-pagos. A TIM, que atualmente não participa desse programa de recompensas, afirma, por meio de nota, que está negociando ofertas com os bancos e as parcerias serão anunciadas “no seu devido tempo”.

A bonificação, no entanto, tem restrições quanto ao tipo de plano, a ligações de destino e a promoções já cadastradas pelo usuário. 

Com isso, o usuário deve ficar atento às condições dos bônus e à validade dos créditos, recomenda a supervisora institucional da Proteste Sonia Amaro. "O consumidor deve observar a duração da promoção e a quantidade de serviços utilizados no mês para não contratar um pacote que não será útil depois", disse a supervisora.

Com raras exceções, as ligações com o bônus são restritas aos números da mesma operadora. Em alguns casos, é possível mandar mensagens de texto para operadoras diferentes daquela utilizada pelo consumidor. 

Os clientes do Itaú e da operadora Oi não têm acesso aos bônus caso também utilizem as promoções “Pula Pula” e “Bumerangue". 

Para evitar surpresas, o correntista deve ler atentamente o regulamento da promoção e consultar as regras específicas da operadora utilizada. 

O engenheiro ambiental Túlio Vinícius, 24 anos, é cliente do Itaú e recebe R$ 22, por mês, de bônus, desde janeiro deste ano. Ele gostaria de utilizar os créditos no celular da TIM, mas como a operadora resolveu não participar da promoção, adotou a recarga no número da Claro. 

Além de fazer ligações, Túlio usa os bônus para acessar a internet que, segundo ele, “não é uma internet excelente, mas ajuda... Só acho que nós [os clientes] deveríamos ter mais regalias, como ligar para outras operadoras com a promoção. O consumidor vai sempre buscar o mais barato, rápido e prático". 

É possível ter uma conta no banco e não pagar por nenhum pacote. Por meio dos serviços essenciais gratuitos, garantidos pelo Banco Central, correntistas têm direito, todo mês, a um cartão de débito; quatro saques por mês; duas transferências de dinheiro entre contas no próprio banco; dois extratos com a movimentação dos últimos 30 dias; consultas pela internet e dez folhas de cheque. 

A lista detalhada de serviços está disponível no site da Febraban e a gratuidade é estendida também a quem usa poupança.

Desde o dia 1º de julho, os bancos devem oferecer três novos pacotes padronizados além do existente, de acordo com a resolução 4.196, do Banco Central. O objetivo é trazer transparência na contratação dos serviços e ampliar a comparação entre os bancos. 

As instituições financeiras deverão esclarecer ao cliente qual pacote está sendo contratado e mostrar as demais opções oferecidas pelo banco.

Nenhum comentário:

Postar um comentário