quinta-feira, 4 de julho de 2013

A importância dos Operadores de Telemarketing na GVT

O que você achou? 
Mais que atendentes de telemarketing, os mais de 4.350 colaboradores da GVT que trabalham na central de atendimento ao cliente da companhia, têm um olhar consultivo, procurando atender às necessidades dos clientes. Esses profissionais são considerados tão importantes nas organizações que existe uma data (hoje, dia 4 de julho) dedicada ao profissional de atendimento telefônico. No país, são aproximadamente 1,5 milhão de operadores atuando no setor. A GVT coloca em prática a valorização da categoria, mantendo atendentes próprios, por reconhecer sua contribuição estratégica na satisfação do cliente, inovação em produtos e melhoria contínua de processos.

Atualmente, mais de 220 gestores da GVT, o correspondente a 10% do total dos líderes de diferentes setores da empresa, começaram sua carreira a partir da área de atendimento.

“O profissional de atendimento acaba tendo um amplo conhecimento dos produtos, serviços, políticas, práticas e cultura da empresa, além de interagir com o cliente final ganhando uma visão de mercado. Se tiver alto desempenho e conhecimento técnico pode ser um forte candidato a fazer carreira na empresa”, declara o diretor de Atendimento ao Cliente da GVT, Leandro Noronha.

Além disso, na GVT, os colaboradores têm remuneração variável atrelada à satisfação do cliente, alinhando os objetivos da empresa ao dos colaboradores. São analisados indicadores como resolução na primeira chamada e avaliação do cliente após o atendimento.

Na GVT, o setor é como uma porta de entrada para profissionais talentosos. Para a empresa, a combinação entre desenvolvimento dos colaboradores e a valorização dos talentos internos geram motivação e engajamento dos colaboradores com a empresa.

É o caso de Guilherme Botaro, 24, atualmente analista de planejamento da GVT, que teve seu primeiro emprego na central de atendimento da empresa. “Entrei há quatro anos na empresa, como atendente de informações gerais. Enxerguei a oportunidade, a empresa me deu ferramentas para me desenvolver e pensei: vou crescer aqui. Participei de processos seletivos internos e fui promovido” declara o analista, que atualmente cursa Gestão Comercial.

Na GVT, 73% dos profissionais de atendimento são mulheres e 27% são homens. Aproximadamente 80% têm menos de 32 anos e possuem ensino médio completo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário