sábado, 29 de junho de 2013

Sercomtel inicia liquidação da Adatel

O que você achou? 
O conselho administrativo da Adatel, empresa coligada da Sercomtel de Londrina, nomeou o liquidante das unidades de Osasco (SP) e São José (SC). A intenção é que em até seis meses o processo seja concluído. A medida foi tomada após o leilão para a venda das empresas ter dado deserto.

O diretor de participações da Sercomtel, Sérgio Milani, explicou que a Adatel Osasco e São José somam prejuízos há cerca de dez anos. A Sercomtel possui 49% das ações dessas operações, que possuem passivos expressivos.

Segundo avaliações que embasaram o leilão das coligadas, a Adatel de Osasco foi estimada em R$ 18 milhões e a de São José em R$ 2,7 milhões. A empresa Net, que atua no serviço de TV a cabo, internet e telefonia, teria demonstrado interesse e pedido documentações extras, forçando a Sercomtel a adiar, por duas vezes, a data da venda. Porém, nenhuma interessada apresentou proposta no leilão.

Foi constatada a necessidade de investir na tecnologia dos sistemas de TV a cabo ofertados, que ainda operam de forma analógica. O trabalho, que também precisaria atender requisitos exigidos pela Anatel, custariam em torno de R$ 20 milhões. "Considerando que a Sercotmel passa por um momento delicado, não teria condições de fazer esse investimento", apontou.

O processo de liquidação é feito extrajudicialmente. O nome do liquidante ainda não foi divulgado, porém ele deve trabalhar para vender a cartela de clientes das empresas e equipamentos, a chamada unidade produtiva das coligadas. "Isso não significa que vai fechar a empresa", disse Milani.

A Sercomtel ainda prevê acúmulos de prejuízos com a operação, porém, a previsão é que o ônus seja estancado com o procedimento concluído. "Essa é a última saída para conseguir diminuir prejuízos", afirmou o diretor de participações. Ainda não é possível estimar valores que poderão ser negociados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário