quinta-feira, 13 de junho de 2013

Salários de funcionários da Sercomtel estariam ameaçados

O que você achou? 
Os cerca de 600 servidores da Sercomtel podem ficar sem receber os seus salários no próximo mês.

Um problema de caixa enfrentado pela telefonia pode fazer com que ela não tenha dinheiro em julho para pagar os vencimentos dos funcionários referentes a este mês. Por mês, a empresa gasta R$ 4 milhões com recursos humanos, R$ 50 milhões por ano.

A estatal enfrenta uma grave crise financeira desde o ano passado. Sem agência de publicidade, a Sercomtel não consegue fazer propagandas de seus produtos no mercado e concorrer com as telefonias multinacionais. A empresa avalia, ainda, a possibilidade de extinguir as estatais para evitar gastos extras.

A empresa precisou "prender" R$ 47 milhões dos acionistas (Prefeitura de Londrina e Copel) no início deste ano para evitar começar 2013 no vermelho.

O Sindicato dos Trabalhadores das Empresas em Telecomunicações (Sinttel) no Paraná garante que, até agora no ano, os funcionários receberam os salários normalmente. "Fui pego de surpresa com essa informação. A gente sabe que a Sercomtel passa por um problema complicado, mas nada justifica deixar de pagar os seus colaboradores. Vamos acompanhar a situação de perto a partir de agora", argumentou o diretor-geral do Sinttel, João Henrique Schmidt.

Por meio da assessoria de imprensa, a diretoria financeira da Sercomtel informou que trata a informação como especulação. A empresa preferiu não se pronunciar sobre o assunto.