sábado, 8 de junho de 2013

Oi e Embratel fornecem rede para CICC do Rio

O que você achou? 
Ao participar da 13ª Rio Wireless, o presidente do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio de Janeiro, Paulo Coelho, revelou que Embratel e Oi são as fornecedoras da infraestrutura de Telecomunicações para o Centro Integrado de Controle e Comando do Rio de Janeiro, ativado na sexta-feira, 31/05. A InfoviaRJ, infraestrutura própria do governo do Estado, está sendo utilizada de contingência.

Coelho também adiantou que duas mil viaturas da polícia militar do Rio de Janeiro serão equipadas com conectividade 3G até o final do ano. Cerca de 500 delas já receberam um módulo para conexão a essa rede, com serviço fornecido pela Oi. Pelo 3G, os policiais vão poder acessar os bancos de dados criminais, através de computadores de bordo instalados no painel dos veículos. Imagens gravadas em câmeras que filmam dentro e fora da viatura também serão transmitidas através da rede 3G.

O Centro Integrado de Controle e Comando (CICC) (um investimento orçado em cerca de R$ 100 milhões por parte da Secretaria de Segurança Pública) reúne os serviços de atendimento da polícia, dos bombeiros e da defesa civil do estado e da capital fluminense, junto com o centro de monitoramento e uma sala de gerenciamento de crises. O CICC recebe as imagens de 1 mil câmeras (450 do estado e cerca de 600 do município), exibidas em 98 monitores de 55 polegadas, além de um telão de 5 metros de altura e 17 metros de comprimento.

Sob a coordenação da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (Sesge), os CICCs centralizarão o monitoramento de toda a segurança (polícia, bombeiros, serviços públicos) e serão os locais dos quais a administração pública vai coordenar todo o trabalho de antever e administrar possíveis crises que possam surgir durante os eventos.

Ainda em tempo da Copa das Confederações serão inaugurados CICCs em Brasília, Minas Gerais e Pernambuco. Os demais, no Amazonas, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Paraná, São Paulo, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Brasília estarão prontos para a Copa do Mundo.