sexta-feira, 14 de junho de 2013

MP e Vivo juntos mais uma vez no combate à corrupção

O que você achou? 
União no combate à corrupção. Esse foi o objetivo do convênio firmado entre o Ministério Público Estadual de Alagoas e a companhia Vivo na campanha “O que você tem a ver com a corrupção?”, uma iniciativa de um promotor de Justiça de Minas Gerais que ganhou o Brasil inteiro. Ontem (13), 200 mil clientes da operadora de telefonia móvel receberam um torpedo falando da importância de se combater esse crime.

O termo de parceria foi assinado pelo procurador-geral de Justiça, Sérgio Rocha Cavancanti Jucá, pelo coordenador em Alagoas da campanha “O que você tem a ver com a corrupção?”, promotor de Justiça José Carlos Silva Castro, e a operadora Vivo, representada por Marcos Antônio Cordeiro de Almeida, diretor de Relações Institucionais e por Ícaro Libertador da Silva, gerente de Território de Alagoas.

“A corrupção é o grande mal do terceiro milênio e precisa da união entre as instituições públicas, a iniciativa privada e a sociedade civil organizada para combatê-la. É um crime de gravidade fenomenal e é claro que o Ministério Público, guardião da lei, precisa de apoio para conseguir acabar com essa praga. Se a gente percebe que há empresas que se irmanam conosco nessa luta, temos que agradecer tal sensibilização”, declarou o procurador-geral Sérgio Jucá.

“Combater a corrupção passa um processo de mudanças cultural e de mentalidade. Então, se a ideia é essa, toda parceria é importante. A comunicação através de SMS é eficaz e nosso desejo é que todas as pessoas percebam que, esse tipo de crime pode acontecer em qualquer lugar e envolvendo qualquer pessoa e não somente no cenário político”, alertou o coordenador da campanha no Estado, José Carlos Castro.

Em Alagoas, a campanha, através da parceria com a Vivo, funcionou através do envio de 200.000 SMS aos clientes da empresa, no DDD 82, de forma aleatória, uma única vez, ontem, com a seguinte mensagem: “Dica Vivo: combater a corrupção depende de todos. Uma ação do Ministério Público Brasileiro – CNPG. Saiba mais em www.oquevocetemavercomacorrupcao.com”.

No Nordeste, antes de chegar a Alagoas, a campanha já aconteceu nos estados de Pernambuco, Ceará, Piauí e Paraíba. “Esse torpedo já chegou a cerca de 1,5 milhão de clientes e, até o final do ano passado, queremos atingir outro grande número de pessoas. O SMS é um meio de comunicação 100% consumido, ou seja, toda pessoa que o recebe, lê. Então, temos a certeza que a mensagem será absorvida. Pode ser que alguém, tão logo a receba, não tenha interesse em acessar o site, entretanto, quando tiver com mais disponibilidade de tempo, deverá fazê-lo e se engajar na luta”, comentou Marcos Antônio Cordeiro de Almeida, diretor de Relações Institucionais da Vivo.

“Queremos parabenizar o Ministério Público brasileiro por essa iniciativa e dizer que a Vivo quer continuar sendo parceira dessa instituição tão respeitada. Temos um foco social muito forte e queremos continuar trabalhando nesse sentindo”, disse Ícaro Libertador da Silva, gerente de Território de Alagoas.