terça-feira, 25 de junho de 2013

De olho no 4G, teles diminuem investimentos na cobertura 3G

O que você achou? 
Começa a acontecer o que a maioria da população brasileira não queria. Pressionadas pelo 4G, as teles 'seguram' os aportes na expansão da rede 3G no Brasil. Durante o mês de maio apenas um município foi somado à infraestrutura 3G que, agora, chega a 3.377 localidades. No 4G, Vivo e Claro travam disputa pela maior cobertura no país. Oi e TIM já ficaram para trás.

A cobertura 3G já não cresce mais no Brasil. A Vivo, que é a operadora com maior número de cidades cobertas com a infraestrutura (atendendo 3.121 municípios) não faz expansão 3G desde o mês de março.

Em segundo lugar desponta a Claro, que atende 1.168 municípios e no mês de maio ampliou sua rede em apenas 4 localidades. Vale lembrar que Claro e Vivo fizeram um acordo de compartilhamento para 3G e 4G, já aprovado pela Anatel, mas ainda não esclarecido pelas duas operadoras.

A Oi passou a TIM na cobertura 3G. A operadora atende a 812 municípios. A TIM ficou em 727 municípios. No mês de maio a Oi expandiu sua rede para oito localidades. A TIM para apenas quatro. As duas operadoras têm um acordo de compartilhamento, mas apenas para o 4G. O 3G ficou de fora. 

No 4G, a Vivo já atende 16 cidades. A Claro, que está na cola da tele, está presente em 12 cidades. Já Oi e TIM (que já compartilham a oferta do serviço) seguem nas seis cidades-sede da Copa das Confederações, atendendo as exigências da Anatel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário