quarta-feira, 5 de junho de 2013

Bernardo vê ida de Bava para a Oi como sinal do interesse da PT na operadora brasileira

O que você achou? 
Não se fala em outra coisa desde ontem a não ser da Oi e Portugal Telecom. A ida de Zeinal Bava para a presidência da Oi surpreendeu até o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. Segundo ele, somente ficou sabendo da notícia hoje de manhã, mas disse que a decisão foi dos acionistas. “Eu vejo que a Portugal Telecom dá muita importância ao mercado brasileiro”, avaliou.

O presidente do conselho de administração da operadora portuguesa, Henrique Granadeiro, disse que existe uma aliança estratégica entre os dois grupos, com participações cruzadas, e acredita que ela vai se aprofundando à medida que as sinergias se evidenciam. Para ele, Zeinal Bava é a pessoa certa para liderar operacionalmente a Oi neste momento em que busca recuperação, já que está numa posição privilegiada por ter liderado com sucesso a transformação tecnológica e de mercado da Portugal Telecom nos últimos anos.

A Portugal Telecom é uma das principais acionistas da Oi, com 26%, enquanto que a operadora brasileira detém 10% da empresa portuguesa, ligeiramente abaixo dos 10,07% do maior investidor, o Banco Espírito Santo. Segundo Granadeiro, a Portugal Telecom, maior empresa de telecomunicações portuguesa, quer acelerar a difícil recuperação da Oi e captar cruciais sinergias entre as duas empresas.