segunda-feira, 13 de maio de 2013

Wi-Fi grátis em praças de São Paulo começa a operar em outubro

O que você achou? 
São Paulo vai ganhar conexão Wi-Fi gratuita em 120 pontos da cidade a partir de outubro, conforme previsão da prefeitura, revelada após uma assembleia realizada na manhã sexta-feira (10/05). Com o projeto, batizado de Praças Digitais, a prefeitura espera desembolsar R$15 milhões por ano para o pagamento das prestadoras de serviço.

A ideia é contratar empresas por meio de licitações, com contratos que durarão 36 meses e poderão ser renovados por mais 12 meses.

O projeto prevê que, além das praças, os paulistanos poderão conectar-se à Internet em outras áreas públicas, como terminais de ônibus, ruas e parques. A velocidade mínima será de 512 kbps para download e upload e a capacidade máxima das redes será de 24,2 mil usuários simultâneos com a mesma frequência de sinal em cada ponto.

Para as empresas que se candidatarem a oferecer o serviço, a prefeitura impõe algumas exigências, como a qualidade do sinal. A companhia responsável deverá garantir a estabilidade da rede, especialmente em áreas críticas, com um grande número de usuários. A disponibilidade deve ser de 99% mensalmente, 24 horas por dia durante todos os dias da semana. Em praças consideradas não-críticas, a disponibilidade do serviço deve atingir 96%. 

O fim da consulta pública será em 17 de maio e o edital será publicado no dia 28 de junho. A licitação sai no dia 11 de julho e as empresas terão 18 dias para entrar com recursos. A instalação do serviço começa em 45 dias a partir de 21 de agosto.