sábado, 4 de maio de 2013

TIM é campeã de reclamações no site Reclame Aqui

O que você achou? 
Nas duas semanas de funcionamento da Operação "Tututu", o site Reclame Aqui declarou “guerra” às operadoras de telefonia móvel. Foram contabilizadas 24.461 queixas contra as quatro maiores empresas do setor: TIM, Claro, Oi e Vivo. De acordo com balanço oficial, do total de reclamações, 8.182 foram endereçadas à TIM, seguida por Oi (5.953 queixas), Vivo (5.811) e Claro (4.515). As operadoras de telefonia têm consolidado sua posição entre as mais reclamadas em rankings de Procons de todo o Brasil. 

No quesito reclamação por falta de sinal, novamente, a grande vencedora foi a TIM com 3.280 reclamações, mais que o dobro da Oi, Vivo e Claro juntas (1.096, 1.098 e 1.041, respectivamente). Já em relação à cobrança indevida, a operadora Oi assumiu a liderança, com 1.471 reclamações. A maioria dos apontamentos veio dos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e de pessoas entre 20 e 34 anos.

Segundo Mauricio Vargas, presidente do Reclame Aqui, a operação chamou a atenção de duas operadoras, cujos nomes ainda não foram revelados pela empresa. Elas entraram em contato com o ReclameAqui demonstrando interesse em começar a resolver as pendências com os consumidores que usaram o site como canal de reclamação. “Sabemos que todas as empresas receberam as reclamações autenticadas, mas não sabemos quem e se vão tomar alguma atitude internamente para atender melhor o consumidor”, explica Vargas. Vale ressaltar que o site, por não ser público, não tem o poder de cobrar uma resolução para os problemas, apenas pode repassá-los às empresas.

A operação, lançada em 15 de abril e terminada dia 30, tinha como objetivo chamar a atenção das empresas e da agência reguladora do setor, a Anatel, para o problema crescente. O site possui mais de 243 mil reclamações cadastradas contra as quatro maiores empresas (TIM, Claro, Vivo e Oi) apenas nos últimos três anos. O nome "Tututu" faz alusão ao barulho ouvido quando cai a ligação e a pessoa não consegue resolver sua pendência. Todas as queixas feitas durante a campanha foram encaminhadas à Anatel, à Presidência da República, às operadoras e, por meio do site comprova.com, ganharam valor jurídico para serem encaminhadas ao Ministério Público Federal (MPF).

Como o volume de queixas foi grande, a Anatel chegou a ameaçar o site e pediu que parassem de enviar as queixas. A Claro também solicitou a troca do e-mail para o qual estavam sendo enviados os relatos dos clientes. “Certamente a Operação Tututu foi importante para que as operadoras vissem a força do consumidor e repensassem o tipo de tratamento que é dado a eles”, conclui o presidente do Reclame Aqui.