quinta-feira, 16 de maio de 2013

TIM anuncia serviço para medir sinal e investimentos no Norte

O que você achou? 
A operadora de telefonia TIM anunciou investimentos em novas antenas no Amazonas e disponibilizou aos clientes de Manaus uma ferramenta para verificar em quais pontos da cidade o sinal 2G ou 3G é mais deficiente.

O presidente da prestadora, Rodrigo Abreu, anunciou que a ideia de colocar o mapa de atendimento do sinal permitirá ao cliente saber o que está adquirindo, facilitando a escolha entre as diferentes empresas.

“Com essa ferramenta, dá para acompanhar onde tem a cobertura real a partir do CEP, onde o cliente terá dificuldade em encontrar o sinal e onde estão os ‘buracos’ do serviço”, explicou. A ferramenta está disponível no site da empresa.

O executivo de relações institucionais da TIM para a Região Norte, Patrick Azevedo, também destacou que cliente saberá onde funciona melhor o serviço, o que poderá influenciar ao comprar os planos.

O lançamento do serviço e outros anúncios foram realizados em Brasília, na presença do presidente da Anatel, João Rezende, e do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo. Para o ministro, o serviço caminha junto com a demanda crescente por qualidade feita pelos usuários do sistema, ao cobrar mais investimento das empresas.

O presidente da TIM disse que o Amazonas está incluído nos planos de implantação de mil antenas em todo o País e destacou a dificuldade no processo de licenciamento ambiental. “São centenas de legislações diferentes”, afirmou.

Atualmente, 60% dos usuários da TIM são da tecnologia 2G, mas o presidente afirma que 70% das vendas atuais já são de smartphones com 3G, e que o investimento na expansão 4G em Manaus está em andamento e deve respeitar o cronograma, previsto para o fim do ano.