quinta-feira, 2 de maio de 2013

Telefonia celular tem recorde de queixas no Rio

O que você achou? 
O estado do Rio de Janeiro registrou um recorde de queixas dos usuários de telefonia celular no último mês de março.

A quantidade de reclamações em março foi a maior para um mês nos últimos três anos. Foram ao todo 15.790 queixas, um aumento de 35% em relação a 2012 e 17% em comparação ao mês de fevereiro.

As operadoras mais reclamadas no mês em referência foram Claro (5.402 queixas), Oi (4.456), Vivo (3.099) e TIM (2.833).

O levantamento da Anatel reitera um problema que merece atenção especial na cidade do Rio de Janeiro, principalmente devido à proximidade de eventos diversos que irá sediar. Ainda este ano, em junho, haverá a Copa das Confederações, em julho a Jornada Mundial da Juventude e em 2014 a cidade irá receber a Copa do Mundo.

Todas as cidades têm problemas com telefonia, mas de acordo com especialistas, a situação do Rio de Janeiro se agrava devido à topografia da região, conhecida por concentrar muitos morros e muita gente morando nestes locais.

Segundo especialistas e o poder público, a solução seria implantar mais antenas na região. Para que isto seja possível, a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos da cidade obteve um decreto em 2012 para que haja um reordenamento na distribuição das antenas no município.

As operadoras, por sua vez, afirmam que estão reforçando sua infraestrutura principalmente nas cidades que serão sede de grandes eventos, como o Rio de Janeiro.

As teles garantem que irão ampliar a capacidade das atuais redes 2G e 3G, e que a implementação do 4G no último dia 30 de abril também irá contribuir para a melhoria da qualidade dos serviços.