sexta-feira, 10 de maio de 2013

Telecom Italia pode adiar decisão sobre fusão com Hutchison

O que você achou? 
As ações da Telecom Italia (controladora da TIM) chegaram a cair cerca de 3% após fontes afirmarem que o conselho de administração do grupo pode adiar decisão sobre iniciar formalmente negociações de fusão com a Hutchison Whampoa em um encontro nesta quarta-feira (08).

O papel já acumula alta de cerca de 25% em relação a mínimas históricas desde que notícias na mídia surgiram no mês passado sobre uma possível união entre a maior operadora de telecomunicações da Itália e a empresa de Hong Kong.

Porém, fontes com conhecimento direto da situação disseram que os principais acionistas estão divididos sobre o tema, com a Telefónica (controladora da Vivo), uma das principais acionistas da Telecom Italia, se opondo fortemente ao negócio que poderia fazer com que a Hutchison assuma controle sobre a companhia italiana.

"A Telefónica está fazendo tudo que pode para ficar no caminho do acordo", disse uma fonte sênior com conhecimento da situação.

Um painel de diretores da Telecom Italia criado no mês passado para avaliar o negócio potencial não poderá recomendar o início das conversas formais durante reunião do conselho de administração nesta quarta-feira. O conselho se reúne para aprovar resultados do primeiro trimestre, disseram várias fontes com conhecimento da situação.

Espera-se que o painel sugira a requisição de mais informações para avaliar adequadamente o valor da operadora 3 Italia, da Hutchison, que seria trocada por uma participação na Telecom Italia e que os analistas avaliam em 1,5 bilhão a 2 bilhões de euros.

O conselho também não deve tomar uma decisão sobre a cisão da rede de telefonia fixa da Telecom Italia.