segunda-feira, 20 de maio de 2013

Sercomtel, nova opção de internet e telefonia fixa para empresários

O que você achou? 
Conforme já notificamos aqui no site, empresários de Cascavel passam a contar com uma nova opção de serviços em telecomunicações, oficialmente lançados na noite de quinta-feira (16) na Acic. A vice-presidente da Sercomtel, Eloísa Pinheiro, e diretores da empresa informaram sobre a história, os avanços e os produtos atualmente disponibilizados por uma das empresas mais conceituadas da área atualmente no Brasil.

Criada em 1968 para ser o Departamento de Telefonia da Prefeitura de Londrina, a Sercomtel cresceu e se firma como uma das empresas de maior resolutividade do setor de telecomunicações atualmente no País.

Conforme Eloísa, a companhia expandiu sua área de atuação a partir da Região Metropolitana de Londrina e hoje está em 46 cidades paranaenses. Em 2009, ela foi autorizada pela Anatel a operar em todo o Paraná e desde então colocou em prática um amplo programa de ampliação de sua base. Há um ano, ela chegou a Curitiba.

A Sercomtel é uma empresa pública. Cinquenta e cinco por cento de suas ações pertencem à Prefeitura de Londrina e 45% à Copel. Essa parceria contribui para impulsionar o alcance da empresa, que oferece produtos e serviços pela maior rede de fibra óptica em operação no Estado. “Qualidade e atendimento personalizado são os diferenciais históricos da Sercomtel e que ela traz também a Cascavel”, conforme Eloísa.
Produtos corporativos

Inicialmente, a Sercomtel disponibiliza ao mercado de Cascavel produtos corporativos. São sistemas de PABX e de internet de banda larga com o melhor custo-benefício do mercado, conforme o gestor de Negócios Corporativos, José Luiz Marussi. “A qualidade e a alta confiabilidade dos serviços são diferenciais que trazemos para as empresas daqui e que querem ampliar ainda mais seus resultados com suporte ágil e seguro”.

Um dos aspectos dos serviços é a ampla capilaridade da fibra ótica da Copel, que permite atender pequenas e médias empresas com link para 10 a 30 canais, ou linhas.

A internet é de dois megas (medida real) e a interligação de dados DDR dispõe de até 30 linhas por contrato. As faturas são separadas e é possível identificar o uso do serviço por ramal, a fim de que o contratante possa administrar seu consumo. Em um segundo momento, a intenção da empresa é atender também pessoas físicas.