domingo, 12 de maio de 2013

Postos da Cemar e Oi são instalados no Centro de Conciliação do TJMA

O que você achou? 


O Poder Judiciário do Maranhão concretizou uma importante iniciativa com vistas à solução de conflitos judiciais envolvendo consumidores e empresas com a instalação de postos de atendimentos da Cemar e Oi no Centro de Solução de Conflitos, na Rua do Egito.

“Com os postos, os impasses entre consumidores e as empresas serão resolvidos com mais rapidez. O objetivo é prestar serviços de excelência à sociedade”, afirmou o presidente do Núcleo de Conciliaçãodo Tribunal de Justiça do Estado, desembargador José Luiz Almeida.

O coordenador do Núcleo, juiz Alexandre Lopes de Abreu, disse que com a iniciativa o Judiciário quer servir à sociedade. “Precisamos reunir esforços para responder a essa importante missão social que nos é dada e, assim, garantir a todos uma forma mais viável de resolver seus conflitos”, declarou o magistrado.

Para a gerente jurídica de mediação e acordos da Oi, Adriana Velhote de Oliveira, “a iniciativa do Judiciário vai contribuir para a conscientização dos clientes mostrando que é possível resolver suas demandas de forma célere, sem a necessidade de ações judiciais”.

O gerente jurídico da Cemar José Silva Sobral Neto, por sua vez, disse que a empresa está disposta a conciliar. “Agradecemos ao Poder Judiciário pela oportunidade de participar desse projeto em prol do cidadão”, ressaltou.

Participaram do evento o desembargador Lourival Serejo, os juízes Gervásio Santos (presidente da AMMA) e Márcia Cristina Chaves (coordenadora dos Juizados Especiais), Adriana Macedo Guimarães (gerente regional do jurídico da Oi), Thaís Ferreira Lisboa (advogada da Oi), além de representantes da Caema, Sebrae e FACAM, parceiros do TJMA no projeto.