sexta-feira, 24 de maio de 2013

Operadora erra e manda conta de quase R$ 500 mil para casal

O que você achou? 
Um casal britânico levou um susto ao receber uma conta telefônica no valor de 163 mil libras (R$ 489 mil). Alan e Carolyn Mazkouri, de Swansea, geralmente pagavam 300 libras por mês de telefone (R$ 924), em um contrato com a operadora Orange que incluía o telefone celular que Alan usava para o trabalho e de mais nove funcionários.

Em entrevista ao programa da BBC Watchdog, o eletricista contou como tudo mudou em setembro do ano passado. Segundo o britânico, ele contatou a operadora no verão de 2012 para reclamar do superaquecimento de seu aparelho. A Orange substituiu o celular, mas logo depois a linha foi cortada porque, segundo a operadora, uma conta muito alta havia sido registrada.

A conta de milhares de libras sugeria que Alan Mazkouri teria baixado dados ao acessar a internet a cada 20 minutos, durante três semanas.

Os dados seriam o equivalente ao envio de cinco milhões de e-mails ou ao download de 15 mil músicas nesse período. No entanto, o britânico se descreve como um tecnofóbico (que tem aversão a novas tecnologias), com dificuldades até para enviar torpedos.

Mazkouri diz que a Orange concordou em cancelar a dívida a princípio, mas continuou enviando a mesma conta por mais de sete meses. O eletricista acabou contratando um advogado e descreveu a saga como "extremamente penosa" para ele e sua família. A Orange finalmente pediu desculpas, cancelou a conta e ofereceu uma compensação de 250 libras (R$ 770).

"Nós nos desculpamos com os Mazkouris pelos transtornos causados. Nós devolvemos o valor pago por sua conta excepcionalmente alta e oferecemos uma recompensa como gesto de boa vontade. Nós esperamos que eles entrem contato conosco em breve," afirmou um porta-voz da empresa.

Mazkouri disse que vai mudar de operadora.