quarta-feira, 8 de maio de 2013

Anatel ignora recursos de Oi e Embratel e mantém multas

O que você achou? 


A Anatel rejeitou esta semana dois recursos apresentados pelas empresas Oi e Embratel com o intuito de anular multas aplicadas anos atrás.

No primeiro dos casos, a punição aconteceu devido ao descumprimento de metas de qualidade na prestação de serviços de telefonia fixa. O processo aberto em 2011 persiste com a multa de R$ 278,8 mil à empresa TNL PCS S/A, pertencente à Oi.

O desrespeito às exigências do Plano Geral de Metas, também na telefonia fixa, levou a Anatel a desconsiderar recurso apresentado pela Embratel e a manter vigente o processo de 2010, que prevê punição de R$ 8,3 milhões.

Os despachos foram publicados ontem (07), no Diário Oficial da União, e assinados pelo presidente da Anatel, João Rezende.