domingo, 19 de maio de 2013

Anatel divulga primeiros resultados sobre a qualidade da banda larga fixa

O que você achou? 


A Anatel divulgou os primeiros dados sobre as medições da qualidade da banda larga fixa, relativos a Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. 

Os resultados indicam a conformidade dos indicadores de velocidade (instantânea e média) com as metas estabelecidas na regulamentação.

Meta: garantir que a velocidade aferida em pelo menos 95% das medições atinja 20% da velocidade contratada.

Resultados:


Meta: garantir que a velocidade média aferida durante o mês atinja no mínimo 60% da velocidade contratada.

Resultados:


Iniciado no final de 2012, o projeto de medição da qualidade da banda larga pretende reunir informações para a adoção de medidas que permitam a progressiva melhoria do serviço. Na banda larga fixa, são medidas a velocidade de upload, a velocidade dedownload, a latência, a variação da latência (ou jitter) e a perda de pacotes; na banda larga móvel, o projeto avaliará a taxa de velocidade média e a taxa de velocidade instantânea.

A distribuição dos whiteboxes - aparelhos usados para as medições da banda larga fixa - teve início pelos usuários do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Minas Gerais e será concluída, em todo o País, até 31 de outubro, conforme o mapa abaixo.

Embora o cronograma definido pela Agência estabeleça o mês de agosto para o início da divulgação, hoje foram antecipados dados parciais de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo.

Os voluntários do projeto de medição da qualidade da banda larga fixa já podem consultar, via internet, relatórios sobre a qualidade do serviço contratado, bastando, para isso, seguir as instruções enviadas, por e-mail, pela Entidade Aferidora da Qualidade (EAQ). Voluntários que não receberam essa mensagem devem entrar em contato com a EAQ pelo endereçosuporte@brasilbandalarga.com.br.
Banda larga móvel

As medições da qualidade da banda larga móvel tiveram início no Rio de Janeiro e, até o final de outubro, abrangerão todo o País. Diferentemente do que ocorre na banda larga fixa, para as medições da banda larga móvel não haverá necessidade de voluntários. Como resultado de parceria com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), os medidores que monitorarão a qualidade do serviço serão instalados em escolas atendidas pelo Projeto Banda Larga nas Escolas Públicas Urbanas.

O mapa abaixo aponta o cronograma de instalação dos medidores e divulgação dos resultados das medições da banda larga móvel.

A tabela abaixo indica, em vermelho e em laranja, as Unidades da Federação e as empresas que necessitam de mais voluntários para o projeto de medição da banda larga.


Se você está interessado em participar deste projeto, acesso o formulário disponível aqui.