sexta-feira, 26 de abril de 2013

Infraero e teles fecham acordo para 3G e 4G

O que você achou? 
Assim como aconteceu com os estádios de futebol (especialmente para o atendimento ao torcedor que vai assistir as partidas na Copa das Confederações e na Copa do mundo de 2014) as teles chegaram a um acordo com a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária – Infraero, para a instalação de antenas nos aeroportos do país, de forma a viabilizar a oferta de conexões Wi-Fi. 

Segundo o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, as partes chegaram a um entendimento sobre valores. “Estávamos exigindo cobertura de telefone, 3G e 4G, mas tinha a questão das antenas. Havia um desacordo sobre o preço. Agora foi acertado”, explicou o ministro. 

A costura prevê que nos grandes aeroportos do país as operadoras deverão pagar um aluguel de R$ 3 mil para instalar as infraestruturas necessárias. Nos aeródromos de menor porte, o valor dessa mensalidade deverá ficar em, no máximo, R$ 1 mil. 

Em dezembro passado, o diretor de Rede da Vivo, Leonardo Capdville, já tinha anunciado a intenção das teles móveis (Vivo, Oi, TIM, Claro e Nextel) de atuarem de forma compartilhada para ampliar a oferta de acesso Wi-Fi nos aeroportos. Segundo ainda o executivo, haveria um piloto no Galeão e no Santos Dumont antes da Copa das Confederações. Com o acordo, agora, negociado, o Wi-Fi não ficará disponível apenas nos estádios das cidades-sede da Copa do mundo 2014, mas em todos os do pais.