quinta-feira, 18 de abril de 2013

Florianópolis recebe 30 orelhões com internet Wi-Fi da Oi

O que você achou? 
A Oi chegou a um acordo com a prefeitura de Florianópolis e está prestes a instalar 30 cabines telefônicas públicas com acesso Wi-Fi. Pelo acordo, a operadora garante 15 minutos de acesso ininterrupto à internet, além de acesso ilimitado a sites do governo e da justiça (.gov e .jus) aos cidadãos. Em troca, fica com a receita de publicidade, parte da estratégia de rentabilizar os equipamentos urbanos, os quais é obrigada a instalar e manter em sua área de concessão de telefonia fixa.

A instalação das cabines telefônicas públicas com Wi-Fi em outras cidades está sendo estudada pela operadora, conforme informou a companhia sem prover mais detalhes. A Oi pretende usar estes pontos para escoamento do crescente tráfego de dados de smartphones e tablets, inclusive como apoio aos clientes de serviços 4G. Atualmente, a Oi é a operadora com mais hotspots instalados no país (a rede lançada em novembro conta com 30 mil pontos de acesso à internet em todo país) e pretende usar estes pontos na disputa pelo usuário de banda larga móvel. A meta é chegar a 100 mil hotspots até o final de 2013.

A instalação dos orelhões conectados depende apenas dos últimos trâmites legais e a previsão da Prefeitura Municipal de Florianópolis é de que ocorra em até 60 dias.

Para a prefeitura, o acordo com a Oi é uma forma de garantir o acesso aos serviços públicos online, que vêm sendo ampliados no município. “Este semestre, estamos lançando um portal do cidadão personalizado. Ao entrar e se logar, o usuário terá acesso suas informações na tela, como IPTU, matrícula dos filhos na escola e consultas de agendamento na rede municipal de saúde”, explica o secretário de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Econômico Sustentável, Rui Luiz Gonçalves. O agendamento online ainda não é possível porque a estrutura de atendimento não comportaria um aumento grande da demanda, que diante da facilidade de agendamento pela internet, poderia partir também de moradores de outros municípios.