sexta-feira, 26 de abril de 2013

Compartilhamento gera economia de R$ 200 milhões à Oi

O que você achou? 
A estratégia de compartilhamento de infraestrutura para telefonia 4G entre as operadoras Oi e TIM permitirá à Oi economizar R$ 200 milhões em investimentos até 2015. Destacando que há confidencialidade em torno do acordo, o diretor de Operações da Oi, James Meaney, afirmou, no evento de lançamento comercial de planos 4G, no Rio, que a companhia planejava investir R$ 1 bilhão até 2015 em 4G e, com o compartilhamento, deverá investir R$ 800 milhões.

Segundo executivos da Oi envolvidos no projeto, o compartilhamento com a TIM envolve apenas os equipamentos de rádio instalados nas torres de transmissão. "A única coisa que é efetivamente comum é o equipamento de rádio que está no site", afirmou Luís Alveirinho, diretor de engenharia da Oi.

Toda a infraestrutura de rede por trás (backbone) será própria de cada operadora. Meaney frisou, no evento de lançamento, que o acordo entre Oi e TIM é o primeiro do tipo na América Latina.

A Oi informou também que oferecerá cobertura de telefonia móvel 4G em São Paulo antes da data imposta pela Anatel, dezembro de 2013, mas ainda não definiu quando. "Vamos cobrir São Paulo antes da data de obrigação, mas não temos uma data específica", afirmou Meaney.

Segundo determinação da Anatel, as operadoras terão que oferecer 50% de cobertura nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 até dezembro deste ano. Para as cidades-sede da Copa das Confederações, que será disputada em junho, a obrigação é 30 de abril. Executivos da Oi reafirmaram que as obrigações serão plenamente cumpridas.