terça-feira, 16 de abril de 2013

Citi para a Portugal Telecom: “O que não te mata, torna-te mais forte”

O que você achou? 
O banco de investimento norte-americano emitiu uma nota de análise em que reitera a avaliação das ações da operadora liderada por Zeinal Bava, afirmando que a empresa deverá conseguir ultrapassar a crise em Portugal e o endividamento da acionista brasileira.

O Citi reiterou o preço-alvo de 5,00 euros por ação da Portugal Telecom (PT) e a recomendação de “comprar” que tem para a cotada. Numa nota de análise intitulada: “O que não te mata, torna-te mais forte”, os analistas disseram acreditar que a PT conseguirá gerir o seu endividamento.

Para os analistas do Citi, “a PT é uma das operadoras mais bem posicionadas para reduzir o endividamento financeiro através da venda de ativos imobiliários”, lê-se na nota de análise com data de 12 de Abril. “A Oi já iniciou este processo no último trimestre de 2012, com a venda da sua carteira de antenas” de telecomunicações.

Por outro lado, a introdução do “pacotão” M4O, que inclui televisão, internet e dois cartões de celular, deverá permitir à operadora ganhos de quota de mercado “significativos”, diz o Citi. O banco de investimento antecipa um “crescimento das receitas dos serviços móveis em 2014, uma inversão relativamente à queda de 10,4% em 2012”.

Os analistas concluem que “2013 vai ser um ano de transição, com indícios de um enfoque renovado na eficiência operacional na segunda metade do ano, mas sem que as melhorias financeiras apareçam antes de 2014.”

A Portugal Telecom segue valorizando 1,04% para 4,072 euros e encerra um potencial de valorização de 22,8% face ao preço-alvo do Citi, justificando a recomendação de “comprar”.