terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Vivo exporta lucros e importa executivos espanhóis

O que você achou? 
Grande exportadora de lucros para a matriz, com a desculpa da “transferência” de sua sede latino-americana para o Brasil, a Telefónica de España (Vivo) pretende importar de seu país cerca de 300 “executivos” para trabalhar em São Paulo.

Porém, assustados com as notícias sobre a violência na capital de São Paulo, muitos (com certeza, também de olho na praia) estariam pedindo a transferência da “nova” sede da empresa para o Rio de Janeiro.

Se o problema é esse, a solução é simples. Esses empregos devem ser destinados a cidadãos brasileiros, já que o Brasil é a maior base de clientes da empresa em todo o mundo.